domingo, 22 de janeiro de 2012

I yam wot I yam


Interessante essa iniciativa da IDW em resgatar o velho marinheiro num título novinho e saindo do forno. A primeira edição será lançada em abril e terá arte de Bruce Ozella e roteiro do aclamado Roger Langridge (Thor: The Mighty Avenger).

Criado em 1929 por Elzie C. Segar, o personagem estreou nas tirinhas Thimble Theatre do jornal King Features. E era bem diferente da versão açucarada dos desenhos animados. Em plena Grande Depressão, o teor das histórias era extremamente cáustico e satírico, retratando com humor toda a decadência social e moral vigente nos Estados Unidos na época. Certamente muitas de suas histórias soariam ofensivas hoje, mas ainda impagáveis. Segar era um tremendo sacana.

No press release da nova revista, Langridge diz que é fã de longa data:

Estou especialmente feliz pela IDW ter decidido adotar uma interpretação ao estilo Segar. Por mais que eu goste das versões posteriores do personagem, pra mim, foi naquelas primeiras tirinhas que a mágica realmente aconteceu.

Um ótimo sinal. E a referência bacanuda da capa foi certeira.

2 comentários:

nightrider disse...

Bom,em primeiro lugar,foi uma iniciativa maravilhosa reviver Popeye!Em segundo,será que vem pro Brasil?E terceira,já que o Popeye é de domínio público,não seria essa uma forma de dar novos"direitos autorais" ao personagem?

doggma disse...

2º - Só Crom pra saber; 3º - quando uma obra cai em domínio público nos EUA tem volta?

Estava pensando em criar um Popeye versão hardcore, mas lembrei que já fizeram isso com The Goon. Dammit!