domingo, 12 de agosto de 2018

Neste Dia dos Pais lembre-se:

Pai é aquele cria. Que treina para a vida.


E que chora porque às vezes precisa fazer algo que vai doer mais nele que nos filhos.

Ps: maldito filme bom!

4 comentários:

Bernardo disse...

Sem muita esperança de ver a crítica aqui, mas sonhar não paga imposto, né?

Luiz Carlos Silva Marcolino Júnior disse...

Fala Doggma! A dimensão emocional que deram ao Thanos foi uma grata surpresa. Lembro dele nos gibis mais "abissal". Ficou um personagem trágico, sob muitos aspectos.

Marcelo olecraM disse...

A parte q concerne ao Thanos a Marvel caprichou literalmente, o filme e dele do começo ao fim e sim foi gostosa surpresa o desfecho final do filme mesmo sentindo falta do Adam. Abraço

Paulo Bala disse...

Bom... Thanos ficou bem tridimensional, mas a motivação malthusiana foi uma desgraça...