segunda-feira, 6 de setembro de 2010

"Você me diz que não tá mais saindo..."


Taí uma digna de figurar no March Modok Madness! Giorgio Comolo, ilustrador italiano cujo traço de inspirações kirbyanas sempre foi meio sisudo, vira uma outra pessoa quando se trata do MODOK. Pois o infame vilão parece liberar toda a lascívia represada no artista, que já o retratou se iniciando com uma ninja grega, mandando ver no menino-prodígio e queimando uma tora ao lado do Monstro do Pântano (!). Dessa vez, ele resolveu fazer uma das maiores revelações dos quadrinhos - e não me refiro à prova definitiva de que Sharon Carter não é loira natural.

O commission em questão é entitulado "Tales of Suspense #94 side-story (part 2 of 2)" e é uma brincadeira de Comolo em cima de uma história do Capitão América, onde vários buracos pululam inexplicados no roteiro do titio Stan. A intenção é amarrar todas as pontas soltas com um único shot.

Lendo a edição, realmente faz sentido.


"Se vamos nos rebelar tem que ser agora... enquanto Modok está ocupado interrogando a agente da Shield"

O tal interrogatório nunca é mostrado, tampouco o vilão se encontrando com a mocinha após sua captura. Ela simplesmente some por uma boa parte da história e só reaparece no final, juntinha com ele. "Interrogando". Sei...

Alheio a tudo isso, o destemido Capitão corre em busca de Sharon, que está nas garras do tirânico vilão.


Após o "Pare onde está!!" mais suspeito dos quadrinhos, o herói é afastado por um raio mental. O que Modok estaria escondendo?


Modok finalmente aparece, pela 1ª vez nessa história. Aparentemente meio corrido de algum canto e trazendo Sharon a tiracolo, soltinha, ilesa e oferecendo mais explicações do que o Capitão pediria se tivesse perguntado. Se os peritos da SHIELD jogassem uma luz negra em cima dela...

Aposto que MODOK estaria fechando a braguilha, se tivesse uma.

"Ô Shaaa-ron..."

Um comentário:

Alcofa disse...

kkkkkkkkkkk

òtimo!