quinta-feira, 3 de março de 2005

COVERDOSE


Wolvie, Deadpool e a contagem de corpos... clique nas imagens

Homenagem tão maneira quanto oportunista. Desenhada por Patrick Zircher, a capa da edição #15 de Cable/Deadpool traz uma referência a capa de estréia do arco Enemy Of The State, da revista Wolverine. Geralmente, esse tipo de homenagem demora um tempinho para acontecer (alguns anos), mas com o sucesso do baixinho canadense pelas mãos da dupla dos sonhos Mark Millar/John Romita Jr, fica bastante "compreensível" a pressa. Marvel, Marvel...

De qualquer forma, a revista Cable/Deadpool anda muito bacana ultimamente, para a minha surpresa. Achei que iam estragar o Wade de vez. E quanto à Enemy... é Millar e Romita Jr... muita gente foda pra uma HQ só. Sem comentários.


Death Dealer e o Gigante Esmeralda... haja cavalo. Clique nas imagens

Capa de Hulk #81 coverizando uma ilustração do mestre Frank Frazetta. Essa sim, foi uma homenagem acima de qualquer suspeita. A clássica imagem do Death Dealer foi concebida por Frazetta em 1973, entre uma e outra pintura do Conan ou da Era Hiboreana (seu habitat natural). A capa do Hulk foi desenhada por Lee Weeks, que se não é um desenhista abençoado, ao menos é respeitoso e bem-educado na Arte que abraçou. :)


Clique nas capas, mas não compre as revistas!

A culpa é de Tim Bradstreet. Quem mandou o cara ser tão bom? Dia desses, comprei as duas edições de Liga da Justiça - Batismo Negro, totalmente ofuscado pelas capas, e se fez a velha máxima... "nunca julgue um livro - ou uma revista - pela capa..." Acho que é a pior HQ que já li na vida. Ou uma das piores. Apesar de um vilão bacanão (Hermes Trismegistus, arquiinimigo da SJA) e de uma participação cool as ice de Félix Fausto (um Constantine modernoso), a trama místico-infernal arrasta em duas edições - lá fora em 4 - o que poderia ser explicado em dois quadrinhos. E as capas foram uma miragem mesmo: lá dentro, o que predomina são os traços tenebrosos de Jesus Saiz.

Em tempo... comprei as edições num sebo, mas eu arranjaria um destino muito melhor pros meus 4 merréis.


MELHOR É POSSÍVEL


Foi só eu falar bem do 1º trailer de O Guia do Mochileiro das Galáxias que eles liberaram um novo preview mais divertido ainda. Agora eles explicam passo-a-passo (e com várias cenas que não têm nada a ver com a história do filme) como é que se faz um trailer! Tem a narração dramática com aquele "vozeirão", os takes com pessoas gritando desesperadas, a seqüência com centenas de explosões, a cena romântica, e por aí vai. É hilário.

O novo e imperdível trailer



E na trilhaaaaaa: Safe Home, do muthafuckin' Anthrax, son of a bitch!

Nenhum comentário: